C A S T R A Ç Ã O

O processo de castração de cachorro é um método cirúrgico de controle populacional e prevenção de doenças. Na Ridog o procedimento é realizado com todo o cuidado possível para garantir a excelência com relação à saúde do animal e ao atendimento prestado.

Quem são os profissionais que realizam a castração dos cães?

Aqui na Ridog, clínica veterinária localizada na Zona Sul de SP, colocamos à disposição veterinários competentes para oferecer segurança durante o processo, desde os exames preliminares, até a cirurgia. Após o procedimento cirúrgico há o acompanhamento médico contínuo.

Os veterinários da Ridog são reconhecidos e totalmente aptos a realizar o procedimento com qualidade e eficácia. São veterinários cirurgiões com mais de 10 anos de experiência.

 

Por que realizar a castração?

Castrar o seu cão é um ato de amor. Além de evitar doenças como câncer e gravidez psicológica das fêmeas, a castração contribui para o estado emocional do pet que poderá ficar mais tranquilo. A ausência dos hormônios após a castração ajuda a controlar a ansiedade do cão. Demarcar território e agarrar nas pernas das visitas não será mais um problema.

Quando posso pensar em castrar o meu cachorro?

Independentemente de ser macho ou fêmea alguns requisitos, para os donos que estão pensando em castrar seus pets, devem ser obedecidos.

  • A partir de 5-6 meses de idade

  • Após o primeiro cio, que pode acontecer entre os 6 meses e o primeiro ano das fêmeas

  • Exames físico, clínico, laboratorial e cardíaco precisam estar saudáveis

  • Evitar alimentos e água nas horas que antecedem a cirurgia veterinária

  • Na castração de filhotes antes dos 6 meses, indicamos a consulta com o veterinário para informações mais precisas
     

Anestesia utilizada na castração dos cachorros

No procedimento de castração de cachorro, os animais podem receber anestesia inalatória ou injetável. Isso vai depender do formato do focinho e da raça do seu pet.
As anestesias mais indicadas para este procedimento são:

  • Anestesia inalatória

  • Bloqueios anestésicos regionais (em conjunto com a anestesia inalatória)
     

Como é feita a castração em fêmeas e machos

Nas fêmeas, é feita uma incisão nos tecidos para a retirada de ovários e útero. Nos machos, a incisão permite a retirada dos testículos. Todo o procedimento é indolor ao cão. A cirurgia é relativamente rápida e sem maiores complicações. Logo seu Pet estará correndo feliz pela casa.

Castrar cachorros evita uma série de problemas futuros

A ausência dos órgãos reprodutores elimina a produção de hormônios e evita comportamentos sexuais. Castrar cachorros traz qualidade de vida para o pet e para os donos – que ficam livres de uma série de comportamentos incômodos.

Enquanto as fêmeas correm riscos bem menores com relação a algumas doenças.

 

Alguns comportamentos e doenças que podem ser prevenidas, em diferentes níveis,  com a castração:

  • Câncer de mama

  • Câncer de testículo e de próstata

  • Pseudociese (“gravidez psicológica das fêmeas”)

  • Mastite

  • Infecção de útero

  • Comportamento Agressivo

  • Montar na perna das visitas ou em brinquedos

  • Demarcação de território
     

Cuidados após a castração
  • Os cuidados pós-operatórios podem ser realizados em casa, após o período de internação do animal para observação, que pode ser de até 24 horas.

  • O uso de roupa cirúrgica ou colar cirúrgico (o “cone”) é obrigatório por ao menos 10 dias.

  • É necessário realizar a limpeza da região suturada com produto receitado pelo veterinário para evitar infecções.

  • Antibióticos e analgésicos também podem ser receitados e a dieta deve ser reduzida nos primeiros dias.

  • Retornos com o veterinário são agendados periodicamente até a retirada dos pontos, tempo que pode variar entre 7 e 15 dias após a castrar o cachorro